Principal



A Igreja Pentecostal Unida surgiu do movimento pentecostal, que tem suas origens nos ensinos de Charles Parham em Topeka, Kansas e do Reavivamiento da Rua Azusa liderado por William J. Seymour em 1906. Recusados pelas igrejas históricas, os pentecostais começaram a formar suas próprias organizações.  A IPU é uma parte da porção unicista ou apostólica do movimento Pentecostal, que formou-se em 1945 pela fusão de diversos grupos que tinha em comum a compreensão de Atos 2:38. Esta igreja distingue-se especialmente por sua adesão à teologia da Unicidade, usa o batismo no nome de Jesus (diferente da fórmula trinitária), e tem ênfase no viver em santidade em todos os aspectos da vida.

Presente em todas as regiões do país, a Igreja Pentecostal Unida do Brasil é uma denominação cristã pentecostal unicista, com sede nacional situada na  cidade de Manaus - AM, que tem como presistente atual Rev Bennie DeMerchant.

A seguir você conhecerá como se deu a expansão do evangelho no Brasil:


CHEGADA DOS MISSIONÁRIOS AMERICANOS NO BRASIL NA  DÉCADA DE 60.

(Esq) Ted Purcell, William Markham, Brian Wiseman, João Grimm,
Mark Norris, Wayne Drost, Philip Walmer, Robert Norris e Bennie.


O INÍCIO DO EVANGELHO NO BRASIL COM OS BAKERS


 Rev Samuel Baker - 1950.

No Brasil, na primavera de 1957 na cidade de Porto Alegre – Rio Grande do Sul deu-se início a uma grande obra de Deus com a chegada do missionário Samuel Baker, que em 22 de setembro de 1955 havia desembarcado na América do Sul, cidade de Montevidéu - Uruguai, juntamente com sua esposa Loyd Baker e seus seis filhos, Tim, Steve, Jim, Sherry, Bob, Déb e Paul, enviados pela Igreja Pentecostal Unida Internacional (UPCI - United Pentecostal Church International).

O EVANGELHO COM BILL DROST E LAMBERTS 


Bill Drost missionários na Colômbia com sua família
Substituiu provisoriamente Rev Samuel Baker no Brasil.


Em meados de 1960, outro renomado pastor contribuiu na expansão do evangelho completo em solo brasileiro, trata-se do missionário Bill Drost, que passou três décadas pregando na Colômbia. Viajou pelas fronteiras dos dois países, chegando ao Pará, passando por vários municípios do estado do Amazonas inclusive por Manaus, para substituir o pastor Baker durante sua licença missionária aos EUA.
O Bennie DeMerchant era o chefe
de lavagem de louça no IBA
Bennie começou IBA em 1959
e se formou em 1962.
 Pastor Drost voltou aos Estados Unidos para assumir o Instituto Bíblico Apostólico (IBA) em St. Paul Minnesota, enquanto pastor Baker retornava ao Brasil para mais uma missão. Suas experiências serviriam para mais tarde inspirar outro americano, o jovem Bennie, que em 1960 era um estudante do Instituto Bíblico Apostólico nos USA, mas que no futuro seria uma peça chave dessa nossa história.

Enquanto isso no Brasil, os reforços continuam a chegar, em 14 de abril de 1960 é a vez do pastor J. B Lambert e família, serem recepcionados pela família Baker, aumentando assim a área de atuação e fortalecendo os laços da igreja pentecostal no Brasil.



OS NORRIS NO SUDESTE E NORDESTE 

Rev. Mark e Eunice Norris 
Bispo Robert Norris e Jeanne Norris
No início de 1963 a família do pastor Robert David Norris, chegou ao Brasil para o início da obra memorável no estado do Rio de Janeiro, a obra crescia e o evangelho era anunciado, e em 1971 foi construída no Rio de Janeiro, o primeiro instituto bíblico apostólico (IBA) do Brasil, que recebeu ao longo dos anos alunos do Brasil inteiro, para serem preparados para obra missionarias nos outros estados do país. A família Norris se dedicou a ensinar os muitos que vieram ao (IBA) no Rio até 1984, quando retornaram aos Estados Unidos. Pastor Roberto David Norris foi presidente Nacional da IPUB por anos até sua partida. Enquanto isso seu filho Mark Norris saiu do Rio de Janeiro para pastorear a igreja em Salvador em 1977, capital da Bahia , sendo presidente desse distrito por vários anos.


OS DEMERCHANTS NO NORTE



A família DeMerchants in Brazil 1971.
(Esq) Pamela, Theresa, Beth e Bennie

 Neste meio tempo em 27 de outubro de 1965, cinco anos após ouvi informações do pastor Bill Drost, chegam em Bélem no Pará, o jovem missionário Bennie, sua esposa Thereza e sua filha Beth, vindos do Canadá. Destinados a região norte do país, a família DeMerchant instalou-se na cidade de Manaus no estado do Amazonas, desde então trabalha arduamente pela obra de Deus. Pelo enorme avanço que a igreja alcançou na região norte, fruto de enormes esforços e do poder do Espírito Santo, Rev, Bennier DeMerchant foi nomeado Presidente Nacional da IPUB em 1989, cargo que ocupa até os dias de hoje.

OS WALMERS NO SUL


Missionário Philip e Linda Walmer

 Em 1974 o Brasil recebe mais uma família americana, os Walmer chegaram e trouxeram  inovações para os trabalhos. No ano de 1976, foram para Porto Alegre –RS onde começaram a imprimir vários livros para o IBA e muitas outras literaturas que muito contribuíu para o avanço da IPUB.

A EXPANSÃO PELO BRASIL

No ano de 1979 o pastor Ted Purcell e sua família, chegam ao estado de São Paulo para iniciar a obra e dar sua parcela de contribuição com a obra do Senhor, trabalharam por mais ou menos 2 anos em Campinas- SP, a obra não parava de crescer e receber força da igreja mãe dos USA.
Ted e Charolette Purcell eram
missionários em Campinas, SP


No ano 1980 os Wiseman , pastor Brian e Joan recebem a direção do IBA no Rio de Janeiro, trabalharam na direção da escola por 4 anos e se mudaram para Porto Velho – RD, deram início a obra e no ano de 1986 voltaram para os Estados Unidos por problemas de saúde.

O estado da Bahia recebe nova força com a chegada da família Grimm em 1981, trabalhando para dar andamento ao trabalho do pastor Mark, formou novos obreiros e abril novas igrejas, depois mudou- se para o estado de Santa Catarina , onde construiu uma linda igreja em Florianópolis, estiveram lá até o ano de 2007.

 Após servir por 5 anos no Brasil por outra organização, o pastor Franklin Houward inicia a obra no estado do Ceará, em Fortaleza. Iniciou a obra e formou obreiros, saiu para assumir o IBA no Rio de Janeiro até 1994 de onde retornou ao USA. Até os dias de hoje ele continua retornando ao Brasil para ministra em vários estados.

Outros nomes que marcaram a historia da igreja no Brasil: 


Jeffey Nordis e Ivanna Nordis
- Jeffey Nordis e Ivana Nordis - No ano de 1987 a família do pastor Jeffey Norris é apontada como missionários permanentes no Brasil, trabalharam no IBA do Rio de Janeiro de 1994 até os dias de hoje, a pastora Ivana Norris na frente da IPUB de Belfor Roxo e do IBA trabalha incansável pela obra de Deus. Pastor Jeffrey há anos doente, veio a falecer o ano passado no Rio de janeiro, deixando seu legado para esta geração.



- William e Bonnie Marham – iniciaram os trabalhos do Senhor em Anápolis – GO em 1980 de saíram rumo a Portugal em 1990.

- Steve e René Baker – chegaram ou Brasil no início dos anos setenta trabalharam em Curitiba, São Paulo e Belo Horizonte.

- Michael e Ivonne Walmer – no ano de 1994 chegaram no estado de Recife como missionário permanente, trabalhando lá por vários anos.



Por Nádia Matias de Souza, corresponde internacional do IPUB Bahia no estrangeiro - Cabo Verde 10/01/2016.




Estudo do Pastor Davi na IPUB de Poços no dia 26/08/2017

Unicidade Parte I


Unicidade Parte II


Unicidade Parte III
Estudo Unicidade de Deus

2º Parte do Estudo
Querem crucificar Jesus novamente?



Alguns religiosos ainda não aceitaram Jesus como sendo o VERBO QUE SE FEZ CARNE E HABITOU ENTRE NÓS. (João 1:14)
Amam a Jesus, pregam o evangelho, solicitam a cura em nome de Jesus, oram em nome de Jesus, expulsam demônios em nome de Jesus, no final dos cultos solicitam aos que estão na igreja que entreguem seus corações para Jesus, mas negam o batismo em nome de Jesus, pois está claro que  no batismo devemos "invocar o nome de Jesus"(Atos  22:16) e negam também que Ele é o DEUS CONOSCO, ignorando a palavra santa que diz: SEU NOME SERÁ EMANUEL, que traduzido é "Deus Conosco".(Isaías 7:14)  e (Mateus 1:23)

Jesus disse: Se não crerdes que EU SOU, morrereis em vossos pecados.
O que Ele quis dizer, utilizando a expressão: EU SOU?
Que Ele é o Deus que veio na Terra, derramar seu próprio sangue por amor à humanidade.
Quando Tomé viu Jesus ressurreto, disse: Senhor meu e "Deus meu”. (João 20:28)
Jesus lhe falou: Porque vistes, crestes? Bem aventurado os que não viram e creram...
Creram em quê ?  
Que Jesus é Deus, pois Tomé viu e declarou "Deus meu".

Bem aventurados somos nós que não o vimos, mas cremos que ELE É DEUS. 
Os religiosos fariseus da época de Jesus, quiseram crucificá-lo não pelas boas obras que Ele fizera,mas diziam: SENDO TU HOMEM ,TE FAZES DEUS. (João 10:33).
Então vemos aí que até os fariseus perceberam que Jesus não era simplesmente um homem comum, por isso queriam matá-lo. 
O próprio Jesus, várias vezes mencionava a sua divindade.
E se Deus é UMlogicamente é este mesmo Deus que se fez carne e habitou entre nós. 

       Percebemos que hoje, há uma dificuldade enorme por parte de alguns religiosos  em aceitar esta mensagem, e com isto estão combatendo quem a prega"estão novamente crucificando Jesus", não o aceitando como ÚNICO E VERDADEIRO DEUS, assim como João relatou em (I João 5:20)

Muitos até ficam irados dizendo: só Jesus ?
E estes que se dizem pregadores do Evangelho, acham que está errado pregar apenas o nome de Jesus.
Se Jesus é Deus, e há UM só Deus, como todos pregam, podemos pregar com toda firmeza "SÓ JESUS". 

Não há erro algum, pois está escrito: Seu nome será maravilhoso, conselheiro, Deus forte, Pai da eternidade e príncipe da paz. (Isaías 9:6)
Ao nome de Jesus, todo o joelho se dobrará. (Filipenses 2:10) 

Comparando com o Velho Testamento, Deus disse:
-Diante de mim, todo joelho se dobrará. (Isaías 45:22-23) 
Se não fosse apenas Um Deus, teríamos que dobrar diante de Deus e Jesus.
Mas fazendo a ligação sabemos que só podemos ver Deus na face de Jesus, e que toda a plenitude da divindade está em Jesus, logo todo joelho se dobrará diante de JESUS, que é o Deus que veio na Terra como homem. 

Dividir Deus em 3 pessoas distintas é um absurdo, se a Bíblia fala UM SÓ DEUS E SENHOR.
Se fossem 3 pessoas distintas, a igreja seria a esposa de qual deles ?
Teria que ser dos 3, já que pregam que são 3 pessoas distintas.
Não, a igreja é a esposa de Jesus Cristo, que é o nome maravilhoso, conselheiro.

Jamais devemos separar Deus, pois Ele é Um, se fossem 3 pessoas distintas(separadas),seriam 3 Deuses.
Mas tentam entender que tem 3 pessoas distintas numa divindade.
Dizem até que no Velho Testamento já havia as 3 pessoas por isso está escrito "façamos o homem...".Se existissem as 3 pessoas, seriam 3 Espíritos.

A BÍBLIA FALA "UM SÓ ESPÍRITO". (Efésios 4:4) 
Deus é o ser infinito, perfeito, criador e conservador do Universo, é o ser existente por si só, supremo.

Realmente não existem 3 pessoas distintas, e sim um Deus que é Pai, Filho, Espírito Santo, Deus Forte, Maravilhoso, Pai da Eternidade, o Alfa, o Ômega , o Princípio e o Fim, o Todo Poderoso, Único Senhor. 

A maior manifestação de Deus aos homens, foi quando Ele mesmo veio na Terra para morrer pelos nossos pecados, como está escrito o Verbo era Deus, e o Verbo se fez carne e habitou entre nós. (João 1:14).
  • Veio trazer a graça e a misericórdia.
  • Veio resgatar seu povo e todos os que o receberam, deu-lhes o direito de serem chamados de filhos de Deus, a saber, os que creram no Seu nome.
 Jesus era contra os religiosos que usavam a palavra de Deus (o Velho Testamento) para condenar as pessoas.
Quando lhe trouxeram a mulher pega em flagrante, e perguntaram-no o que deveriam fazer, pois a lei de Moisés dizia para apedrejá-la, Jesus nem olhou para os acusadores, simplesmente disse:
-Aquele que for sem pecado, atire a primeira pedra.
Todos se retiraram, pois mesmo sendo religiosos, tinham muitos pecados.

Somos salvos, não por mérito, mas sim pela misericórdia de Deus.

Quando curou o cego de nascença, Jesus foi condenado pelos fariseus porque curara no sábado, e o sábado era sagrado.
Jesus não conhecia as Escrituras? É claro que sim, mas Ele veio ao mundo para dar vida, e para mostrar que ELE ERA MAIOR DO QUE O SÁBADO, que os religiosos  veneravam.

Muitas vezes a pessoa se fixa na letra, e não consegue entender a grandeza do nosso Deus.
Ele chamou os fariseus de cegos espirituais, assim como hoje muitos que se dizem profundos conhecedores da palavra, simplesmente estão pecando, pois se não estivessem no caminho de Deus, não teriam pecado, mas como estão e continuam condenando e não crendo na verdade, estão pecando.

  • Jesus, disse: Sepulcros caiados, vocês não entram no reino de Deus e não deixam ninguém entrar.
  • João Batista os chamou de raça de víboras. (Mateus 3:7)

Às vezes criticam, julgam quem prega ou canta do modo diferente, querendo influenciar os outros dizendo que quem crê em Jesus como único Deus, fazem parte de seita, muitas vezes reescrevem a Bíblia, como esta Bíblia Apologética, acrescentando conteúdos, dando explicações humanas, tirando a ação do Espírito Santo, (isto é inaceitável), pois é Ele quem nos guia a toda a verdade.
Será que Deus está apoiando estas atitudes?

Devemos colocar Jesus em seu devido lugar, que é no único trono que João viu quando foi arrebatado.
-E vi Um assentado sobre o trono, semelhante ao Cordeiro que foi morto, mas vive para todo o sempre. (Apocalipse  4:2,3)
Se existissem 3 pessoas distintas, teriam que ter 3 tronos distintos.
Se tinha UM, é porque Deus é UM ,e quem estava assentado nele, é o Senhor dos Senhores, o que era, o que há de vir, o todo poderoso: Jesus.

A palavra de Deus diz ÚNICO E SOBERANO SENHOR, JESUS CRISTO. (Judas 1:4).

Hoje Deus está derramando seu Espírito Santo em nosso meio, para todo aquele que confessar que JESUS É O SENHOR. 
Simplesmente o ame e "não o crucifique novamente", acusando, condenando as pessoas que creem que Jesus é o Deus  que veio na Terra  derramar seu sangue, pois está escrito: DEUS RESGATOU O MUNDO, DERRAMANDO SEU PRÓPRIO SANGUE. (Atos 20:28)

De que modo? Somente quando Ele veio na Terra, morrer pelos nossos pecados. 

Deus deixou o esplendor de sua glória, se preocupou conosco, e por amor se fez homem e veio na Terra verter seu sangue puro, para nos dar a vida eterna, simplesmente pela sua graça maravilhosa.
JESUS NÃO É SIMPLESMENTE UM NOME  QUALQUER, "É O NOME QUE DEVE SER INVOCADO PARA REMISSÃO DOS PECADOS",porque Este nome tem poder para resgatar, curar, perdoar, salvar.

Todos os que se dizem cristãos devem reconhecer e pregar que o grande Deus veio ao mundo como homem, portanto JESUS É ESTE DEUS QUE VEIO ENTREGAR A SUA VIDA POR AMOR À HUMANIDADE. Os que não aceitam esta mensagem, não estão dando o devido valor ao sacrifício da cruz.


Fonte: Voz da Verdade