Estudo Unicidade de Deus - 2º Parte

Estudo Unicidade de Deus

2º Parte do Estudo
Querem crucificar Jesus novamente?



Alguns religiosos ainda não aceitaram Jesus como sendo o VERBO QUE SE FEZ CARNE E HABITOU ENTRE NÓS. (João 1:14)
Amam a Jesus, pregam o evangelho, solicitam a cura em nome de Jesus, oram em nome de Jesus, expulsam demônios em nome de Jesus, no final dos cultos solicitam aos que estão na igreja que entreguem seus corações para Jesus, mas negam o batismo em nome de Jesus, pois está claro que  no batismo devemos "invocar o nome de Jesus"(Atos  22:16) e negam também que Ele é o DEUS CONOSCO, ignorando a palavra santa que diz: SEU NOME SERÁ EMANUEL, que traduzido é "Deus Conosco".(Isaías 7:14)  e (Mateus 1:23)

Jesus disse: Se não crerdes que EU SOU, morrereis em vossos pecados.
O que Ele quis dizer, utilizando a expressão: EU SOU?
Que Ele é o Deus que veio na Terra, derramar seu próprio sangue por amor à humanidade.
Quando Tomé viu Jesus ressurreto, disse: Senhor meu e "Deus meu”. (João 20:28)
Jesus lhe falou: Porque vistes, crestes? Bem aventurado os que não viram e creram...
Creram em quê ?  
Que Jesus é Deus, pois Tomé viu e declarou "Deus meu".

Bem aventurados somos nós que não o vimos, mas cremos que ELE É DEUS. 
Os religiosos fariseus da época de Jesus, quiseram crucificá-lo não pelas boas obras que Ele fizera,mas diziam: SENDO TU HOMEM ,TE FAZES DEUS. (João 10:33).
Então vemos aí que até os fariseus perceberam que Jesus não era simplesmente um homem comum, por isso queriam matá-lo. 
O próprio Jesus, várias vezes mencionava a sua divindade.
E se Deus é UMlogicamente é este mesmo Deus que se fez carne e habitou entre nós. 

       Percebemos que hoje, há uma dificuldade enorme por parte de alguns religiosos  em aceitar esta mensagem, e com isto estão combatendo quem a prega"estão novamente crucificando Jesus", não o aceitando como ÚNICO E VERDADEIRO DEUS, assim como João relatou em (I João 5:20)

Muitos até ficam irados dizendo: só Jesus ?
E estes que se dizem pregadores do Evangelho, acham que está errado pregar apenas o nome de Jesus.
Se Jesus é Deus, e há UM só Deus, como todos pregam, podemos pregar com toda firmeza "SÓ JESUS". 

Não há erro algum, pois está escrito: Seu nome será maravilhoso, conselheiro, Deus forte, Pai da eternidade e príncipe da paz. (Isaías 9:6)
Ao nome de Jesus, todo o joelho se dobrará. (Filipenses 2:10) 

Comparando com o Velho Testamento, Deus disse:
-Diante de mim, todo joelho se dobrará. (Isaías 45:22-23) 
Se não fosse apenas Um Deus, teríamos que dobrar diante de Deus e Jesus.
Mas fazendo a ligação sabemos que só podemos ver Deus na face de Jesus, e que toda a plenitude da divindade está em Jesus, logo todo joelho se dobrará diante de JESUS, que é o Deus que veio na Terra como homem. 

Dividir Deus em 3 pessoas distintas é um absurdo, se a Bíblia fala UM SÓ DEUS E SENHOR.
Se fossem 3 pessoas distintas, a igreja seria a esposa de qual deles ?
Teria que ser dos 3, já que pregam que são 3 pessoas distintas.
Não, a igreja é a esposa de Jesus Cristo, que é o nome maravilhoso, conselheiro.

Jamais devemos separar Deus, pois Ele é Um, se fossem 3 pessoas distintas(separadas),seriam 3 Deuses.
Mas tentam entender que tem 3 pessoas distintas numa divindade.
Dizem até que no Velho Testamento já havia as 3 pessoas por isso está escrito "façamos o homem...".Se existissem as 3 pessoas, seriam 3 Espíritos.

A BÍBLIA FALA "UM SÓ ESPÍRITO". (Efésios 4:4) 
Deus é o ser infinito, perfeito, criador e conservador do Universo, é o ser existente por si só, supremo.

Realmente não existem 3 pessoas distintas, e sim um Deus que é Pai, Filho, Espírito Santo, Deus Forte, Maravilhoso, Pai da Eternidade, o Alfa, o Ômega , o Princípio e o Fim, o Todo Poderoso, Único Senhor. 

A maior manifestação de Deus aos homens, foi quando Ele mesmo veio na Terra para morrer pelos nossos pecados, como está escrito o Verbo era Deus, e o Verbo se fez carne e habitou entre nós. (João 1:14).
  • Veio trazer a graça e a misericórdia.
  • Veio resgatar seu povo e todos os que o receberam, deu-lhes o direito de serem chamados de filhos de Deus, a saber, os que creram no Seu nome.
 Jesus era contra os religiosos que usavam a palavra de Deus (o Velho Testamento) para condenar as pessoas.
Quando lhe trouxeram a mulher pega em flagrante, e perguntaram-no o que deveriam fazer, pois a lei de Moisés dizia para apedrejá-la, Jesus nem olhou para os acusadores, simplesmente disse:
-Aquele que for sem pecado, atire a primeira pedra.
Todos se retiraram, pois mesmo sendo religiosos, tinham muitos pecados.

Somos salvos, não por mérito, mas sim pela misericórdia de Deus.

Quando curou o cego de nascença, Jesus foi condenado pelos fariseus porque curara no sábado, e o sábado era sagrado.
Jesus não conhecia as Escrituras? É claro que sim, mas Ele veio ao mundo para dar vida, e para mostrar que ELE ERA MAIOR DO QUE O SÁBADO, que os religiosos  veneravam.

Muitas vezes a pessoa se fixa na letra, e não consegue entender a grandeza do nosso Deus.
Ele chamou os fariseus de cegos espirituais, assim como hoje muitos que se dizem profundos conhecedores da palavra, simplesmente estão pecando, pois se não estivessem no caminho de Deus, não teriam pecado, mas como estão e continuam condenando e não crendo na verdade, estão pecando.

  • Jesus, disse: Sepulcros caiados, vocês não entram no reino de Deus e não deixam ninguém entrar.
  • João Batista os chamou de raça de víboras. (Mateus 3:7)

Às vezes criticam, julgam quem prega ou canta do modo diferente, querendo influenciar os outros dizendo que quem crê em Jesus como único Deus, fazem parte de seita, muitas vezes reescrevem a Bíblia, como esta Bíblia Apologética, acrescentando conteúdos, dando explicações humanas, tirando a ação do Espírito Santo, (isto é inaceitável), pois é Ele quem nos guia a toda a verdade.
Será que Deus está apoiando estas atitudes?

Devemos colocar Jesus em seu devido lugar, que é no único trono que João viu quando foi arrebatado.
-E vi Um assentado sobre o trono, semelhante ao Cordeiro que foi morto, mas vive para todo o sempre. (Apocalipse  4:2,3)
Se existissem 3 pessoas distintas, teriam que ter 3 tronos distintos.
Se tinha UM, é porque Deus é UM ,e quem estava assentado nele, é o Senhor dos Senhores, o que era, o que há de vir, o todo poderoso: Jesus.

A palavra de Deus diz ÚNICO E SOBERANO SENHOR, JESUS CRISTO. (Judas 1:4).

Hoje Deus está derramando seu Espírito Santo em nosso meio, para todo aquele que confessar que JESUS É O SENHOR. 
Simplesmente o ame e "não o crucifique novamente", acusando, condenando as pessoas que creem que Jesus é o Deus  que veio na Terra  derramar seu sangue, pois está escrito: DEUS RESGATOU O MUNDO, DERRAMANDO SEU PRÓPRIO SANGUE. (Atos 20:28)

De que modo? Somente quando Ele veio na Terra, morrer pelos nossos pecados. 

Deus deixou o esplendor de sua glória, se preocupou conosco, e por amor se fez homem e veio na Terra verter seu sangue puro, para nos dar a vida eterna, simplesmente pela sua graça maravilhosa.
JESUS NÃO É SIMPLESMENTE UM NOME  QUALQUER, "É O NOME QUE DEVE SER INVOCADO PARA REMISSÃO DOS PECADOS",porque Este nome tem poder para resgatar, curar, perdoar, salvar.

Todos os que se dizem cristãos devem reconhecer e pregar que o grande Deus veio ao mundo como homem, portanto JESUS É ESTE DEUS QUE VEIO ENTREGAR A SUA VIDA POR AMOR À HUMANIDADE. Os que não aceitam esta mensagem, não estão dando o devido valor ao sacrifício da cruz.


Fonte: Voz da Verdade
Estudo Unicidade de Deus - 2º Parte Estudo Unicidade de Deus - 2º Parte Revisados por Dárcio Ramon em junho 22, 2017 Avaliação: 5